Por qual razão sou a favor do armamento?

Por qual razão sou a favor do armamento?

27/09/2020 1 By Victor Hugo
O assunto armamento civil, deveria ser mais relevante para os ditos conservadores do que ele é atualmente. Pois, esse tema inclui algo que já vem ocorrendo em nossa sociedade: Controle social. Enganem-se vocês de que o controle social começou apenas agora, com a obrigatoriedade do uso de máscaras. O controle do estado sobre os indivíduos começou desde quando se defender, tornou-se crime.
 O maior erro dos desarmamentistas, é primeiramente acreditar que o estado está preocupado com sua segurança, que o estado vai protegê-lo de roubos, assassinatos etc, entretanto, não se esquecem de que a polícia só chega quando o crime já ocorreu. A polícia só chega pra notificar o caso, e não digo isso pra criticar a polícia, pois tenho consciência de que a polícia não é onipresente, e não pode estar em todos os lugares e momentos.
Só pelo fato do ditador e genocida Mao Tsé Tung dizer: “Todo o poder político vem do cano de uma arma. O partido comunista precisa comandar todas as armas”, já me daria motivo pra apoiar o armamento, entretanto, existem exemplos históricos para o embasamento dos armamentistas. O exemplo mais próximo de nós é Getúlio Vargas, pois ao tomar o poder em 1930, começa uma campanha contra o armamento, o motivo? Ele não queria revoltas enquanto estivesse no poder, tornando então, a sociedade refém de um estado controlador.
Não obstante, a Inglaterra, berço da democracia, que antes da segunda guerra mundial, autorizava aos seus cidadãos a posse de armas, iniciou o século XXI com índices de criminalidade maiores do que do EUA por exemplo, mesmo tendo uma população e território menores.
As armas não matam, pessoas que apertam o gatilho. O criminoso tem acesso total das armas, pois oque o estado fez com o desarmamento foi inibir armas ao cidadão de bem, todavia, o estado não conseguiu tirar as armas de criminosos, logo, qual a finalidade de desarmar a população, se os criminosos continuam até mais armados que a polícia?
Uma pesquisa nos EUA, revelou que os criminosos possuem mais medo dos cidadãos do que da própria polícia, isso pelo fato de que um cidadão não se importa com o ladrão, já a polícia reconhece seus direitos. Desarmar a população foi dar um sinal aos criminosos de que eles podem entrar em qualquer casa e ter a certeza de que as vítimas não reagiram.
A solução para um país, onde a justiça é ineficaz, a polícia não consegue controlar o crime, e não possue material necessário, é armar as vítimas. Não existe dinheiro que consiga parar a criminalidade, pois nem a Austrália e a Inglaterra conseguiriam, fato é, se defendemos a liberdade, precisamos de armas para protegê-la. “Um povo livre precisa estar armado”. George Washington.
Certamente, o maior inimigo dos armamentistas, conservadores e defensores da liberdade individual, é a mídia, com seu pretexto de que “as armas são feitas para matar”. Ora, então facas também são feitas para matar e devem ser excluídas da sociedade. Todos os anos várias pessoas morrem em acidente de trânsito, nem por isso proibimos carro. O que está em jogo, não é o uso de armas em si, todavia, o que a sociedade pode fazer contra o estado, pois uma cidade desarmada é uma presa muito mais fácil dos comunistas e globalistas.
Referências: mentiram pra mim sobre o desarmamento, Flávio Quintela, Bene Barbosa. Vide editorial.